.: ASTRAN :. Associação de Transporte do Norte Catarinense

Nova pagina 1

 

 

ASTRAN :. Associação de Transporte do Norte Catarinense

    25/FEV/2013

Programa Despoluir deverá medir níveis

de poluição em caminhões
 

 

Durante esta semana a Astran - A Associação de Transporte do Norte, promove mais uma etapa do projeto Despoluir. A Astran realiza este trabalho desde 2011, inclusive sendo reconhecida com prêmio estadual, o Troféu Melhor Ar, pela realização das medições. Podem participar todos os veículos movidos a diesel, e os testes acontecem gratuitamente e aberto à comunidade.

Serviço
O que: Medição de poluentes de veículos a diesel
Quando: de 26 de fevereiro a 01 de março
Onde: Sede da Astran
Quanto: Gratuito
Endereço: Rodovia SC 301, nº 889, Mato Preto – SBS

Informações: 3626-7193

 

 

    12/FEV/2013

Cooperativa de Catadores: Projeto continua
 

 

Desde 2011 a Astran realiza um trabalho junto a Cooperativa de Catadores de São Bento do Sul. Através do projeto de parceria são realizadas três vertentes de trabalho, Assistência Administrativa, Desenvolvimento e Preservação Ambiental e por fim Assistência Social.

Nesta semana o coordenador de projetos da Astran, Boanerges Carneiro Júnior, esteve reunido com os cooperados da entidade para apresentar algumas formas de trabalho para este ano. Um novo sistema de gestão de trabalho, todo embasado na ISO 9000 está sendo implantado, tudo para levar mais agilidade e qualidade no trabalho, tornando assim a atividade mais rentável para cada trabalhador da cooperativa.

Na nova forma de trabalhar estão inclusas algumas melhorias como a participação no programa DRS (Desenvolvimento Regional Sustentável), do Banco do Brasil. O programa visa a inscrição de projetos, onde os melhores serão selecionados e a entidade ganhará recursos para serem aplicados. Outro ponto bastante importante é a informatização de todo o processo de trabalho da cooperativa. “Esse sistema visa tornar a produtividade mais ágil, otimizando o tempo para obter mais resultados”, disse Boanerges.

Bazar
O coordenador de projetos da Astran destaca ainda a criação do “Your Sale”. É quase como a criação de um bazar de utensílios reaproveitáveis, e transformados para agregar mais valor, visando sempre o lucro dos cooperados. “Do material que a cooperativa recebe podem ser separados vários utensílios que, após transformados, podem ser de grande valia”, disse o coordenador. Um dos exemplos é uma gaiola de pássaros encontrada em meio aos resíduos, que após receber uma pintura teve o valor quadruplicado.

 

 

    19/DEZ/2012

Um sábado diferente para moradores do Alpestre
 

 

O bairro Alpestre foi palco para uma verdadeira festa natalina no último sábado, dia 15. A Astran promoveu o evento “Natal Solidário – Alpestre” e envolveu todos os moradores do Alpestre em um dia marcado por atividades e descontração. A programação iniciou logo cedo já com diversos brinquedos infláveis para atividades com as crianças. Todas as atividades realizadas durante o dia foram oferecidas gratuitamente para a comunidade pela Astran, em parceria com a Associação de Moradores do bairro e algumas empresas parceiras.

No início da tarde cerca de cem pessoas assistiram a palestra sobre microcrédito, oferecida pelo Banco do Brasil. Logo após o veterinário da APA, Dr. Darlan Guliani subiu ao palco para um bate papo com os moradores falando sobre os cuidados com os animais domésticos e sobre um dos maiores problemas sociais, que são os animais de rua. Na sequencia o dentista Dr. Luiz Killner falou sobre os cuidados com a higiene bucal, e de forma prática mostrou a forma ideal com que deve-se escovar os dentes. Para esta atividade a Condor de São Bento do Sul ofereceu a cada um dos participantes uma escova dental.

A participação da Associação de Moradores do bairro durante a realização do evento foi fundamental, pois a associação realizou um cadastramento de todos os moradores, e quais famílias possuem crianças em casa. Outra participação importante da entidade foi na distribuição de cachorro-quente para todos os moradores durante o evento. Para custear esta despesa a associação se organizou anteriormente e realizou um bingo. “Sem a participação dos próprios moradores não conseguiríamos realizar e obter este sucesso no evento”, disse Boanerges Carneiro Júnior, coordenador de responsabilidade socioambiental da Astran.

Mas o ponto alto da festa ainda estava por vir. Todos moradores, crianças e adultos, foram convidados para participarem de um teatro todo organizado e apresentado por voluntários. Este teatro trouxe uma peça de auto estima, onde mostra que as pessoas devem sempre correr atrás dos seus sonhos, por maiores que sejam os obstáculos nunca devem desistir. “Realmente me emocionei com essa peça, a gente possui vários sonhos e muitas vezes deixa de lutar em busca desses ideais pelo simples medo de arriscar, ou por desistir no primeiro obstáculo que aparece”, disse a moradora Jéssica Carla Fagundes. Conforme ela a peça trouxe uma realidade e mostrou que pode ser diferente “basta a gente nunca desistir dos próprios sonhos”.

Entrega de presentes

Durante todo o mês de dezembro a Astran realizou a campanha “Natal Solidário – Alpestre” onde com ajuda da comunidade coletou diversos brinquedos para serem doados as crianças durante este evento. E a emoção não foi pouca, as crianças se aglomeraram em frente ao palco para receber das mãos do Papai Noel um brinquedo, que em muitos casos é o único que eles terão neste natal. “O ato do brinquedo é um ato simbólico, o que realmente nos importa é ver o sorriso de esperança no rosto das crianças. Isso é gratificante e nos faz trabalhar cada vez mais em prol da comunidade”, disse Walcir Gravi Gonçalves, secretário executivo da Astran. Foram entregues aproximadamente 400 brinquedos para as crianças moradoras do bairro, todos divididos em presentes para bebe, meninos e meninas.

Agradecimentos

A Astran, em nome de toda a comunidade, agradece aos parceiros desse evento, que são: Associação de Moradores do bairro Alpestre, Igreja Bola de Neve, JCI São Bento, Tuper, Shopping Zipperer, Condor, Bat Soluções em eletricidade, Sesi, Moveis Katzer, Salão Novo Stipo – Campo Alegre, Posto GP Combustíveis, Polícia Militar, Bombeiros, Prefeitura Municipal, Jornal Folha do Norte e Jornal A Gazeta.

 

    14/DEZ/2012

Formada turma do Projeto Educação Complementar
 

 

Com o ginásio da Sociedade Bandeirantes lotado a Astran realizou a formatura da primeira turma do projeto Astran de Educação Complementar. Foram aproximadamente 200 alunos que participaram do projeto tendo aulas durante o contra turno.


O Projeto teve lançamento em março e desde então vem sendo procurado por pais e alunos de crianças da rede municipal de ensino. Para o presidente da Astran, Carlos Alberto Zulauf, esse projeto deve ter sequencia pois aproveita o tempo ocioso dos alunos para apresentar conhecimentos que irão valer para a vida toda. “Sinto me honrado poder fazer parte da Astran e realizar este projeto, pois hoje aqui vemos o sorriso no rosto das crianças e também recebemos os agradecimentos dos pais, e isso é muito gratificante”, disse o presidente.

Magno Bollmann, prefeito de São Bento do Sul, relatou a importância de investir em educação. “País que investe em educação está na dianteira”, disse Magno. O prefeito ainda destacou que esse projeto realizado pela Astran é o único em Santa Catarina, o que eleva a qualidade da educação da cidade. “A Astran hoje é um exemplo, é recurso da iniciativa privada que vai para a educação, para a saúde, para o meio ambiente. Temos que parabenizar essa parceria entre a sociedade organizada, privada e o setor público”, finalizou.

Durante o ano participaram do projeto alunos das sétimas séries do ensino municipal, e foram abordados diversos assuntos de relevância para a comunidade. As matérias trabalhadas em sala foram Empreendedorismo, Ética e Cidadania, Planeamento Financeiro e Meio Ambiente. Outro ponto importante foram as visitas realizadas pelos alunos durante a realização do projeto. “Os alunos tiveram a oportunidade de conhecer – e saber como funciona – um banco. Todos os alunos participantes do projeto foram conhecer as instalações do Banco do Brasil, e saíram entusiasmados com a realidade financeira”, disse Walcir.

O projeto foi idealizado pela Astran, e apresentado para a secretaria de educação do município, a qual declinou positivamente para a realização das aulas em sala. A Astran custeou as despesas de alimentação, transporte, uniforme, material didático e o município arcou com o local de realização das aulas (escola) e o profissional responsável por ministrar as aulas.

 

    06/DEZ/2012

Astran recebe certificação de Responsabilidade Social
 

 

Uma noite para homenagear aqueles que trabalham e se dedicam pelas causas sociais. Assim iniciou a sessão especial para a entrega da premiação e certificação de Responsabilidade Social para as empresas e entidades sem fins lucrativos. A assembleia aconteceu no Plenário Deputado Osni Régis, na Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina – Alesc.

 

Pelo segundo ano consecutivo a Astran – Associação de Transporte do Planalto Norte Catarinense recebeu a certificação pelos serviços prestados à comunidade de São Bento do Sul. São vários projetos que a entidade desenvolve a fim de promover o bem estar social, e ambiental, da comunidade em que está inserida, onde destaca a atuação da Astran na saúde, educação, esporte e meio ambiente. Na região do Planalto Norte somente a Astran possui essa certificação, concedida pela Assembléia Legislativa.

 

O secretário executivo da Astran, Walcir Gravi Gonçalves, recebeu das mãos do Deputado Estadual Jorge Teixeira, o certificado que coloca a Astran pelo segundo ano consecutivo como entidade de Responsabilidade Social. Para Gonçalves as entidades devem também ser atores da realidade social colaborando e ajudando a fazer uma realidade diferente para a sociedade. “Recebemos esse prêmio com a satisfação de quem devolve para a sociedade um pouco daquilo que ela nos dá”, disse.

 

O prêmio

 

A Certificação de Responsabilidade Social e o Troféu Responsabilidade Social – Destaque Santa Catarina foram instituídos pela Lei Estadual 12.918, de 2004. O objetivo é reconhecer empresas e a entidades sem fins econômicos com atuação de destaque e que tenham responsabilidade social incluídas em suas políticas de gestão, visando à promoção do bem-estar da sociedade.

 

Esta foi, na segunda edição da premiação, foram 85 inscrições (64 entidades e 21 empresas). As premiadas foram selecionadas por uma comissão, formada por dez instituições: Assembleia Legislativa, Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência (Conede), Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Fampesc), Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC), Observatório Social de Florianópolis (OSF), Conselho estadual Jovem Empreendedor de Santa Catarina (Cejesc), Conselho Regional de Contabilidade (CRC), Fundação do meio Ambiente (Fatma) e Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina (Fercomércio).

 

Natal Solidário

 

Um dos projetos da Astran é a realização da Campanha Natal Solidário – Alpestre. Essa campanha visa levar um natal mais alegre para a comunidade do bairro Alpestre, proporcionando um dia diferente, recheado de atrativos educativos e culturais. Para a realização deste evento a Astran pede a ajuda e colaboração de toda a comunidade de São Bento do Sul, doando um brinquedo para que este seja doado as crianças moradoras daquele bairro. “Convidamos toda São Bento para participar dessa campanha, pedimos para que leve um brinquedo em um dos pontos de coleta, esses brinquedos serão todos doados para as crianças do bairro”, disse Walcir. Para doar é fácil, foi montada uma caixa de coleta no Shopping Zipperer, e outra na sede da Astran, e lá podem ser levados os brinquedos para que o Papai Noel possa entregar. O evento acontece no dia 15 de dezembro, durante todo o dia, no Bairro Alpestre.

 

 

    28/NOV/2012

“Natal Solidário” promete levar alegria para o Alpestre
 

 

 

Um dia diferente, marcado por alegria e principalmente por solidariedade. Com esse objetivo a Astran – Associação de Transportes do Planalto Norte está realizando a Campanha Natal Solidário – Alpestre. A campanha visa não apenas arrecadar brinquedos para serem doados às crianças daquele bairro, mas também proporcionar um dia de descontração e informação para todos os moradores do Alpestre.

Para a realização deste dia a Astran está mobilizando cerca de 50 voluntários para auxiliar nas atividades. Além desses voluntários a entidade conta com o apoio da comunidade, para que realize a doação de brinquedos em um dos pontos de coleta para garantir essas crianças possam ter um Natal mais alegre. “Nós da Astran buscamos levar nosso trabalho para todos os bairros de São Bento do Sul, e dessa vez o escolhido foi o bairro Alpestre. Para isso, contamos com a ajuda de toda a comunidade para que leve um brinquedo para que possamos doar a essas crianças”, disse Walcir Gravi Gonçalves, secretário executivo da entidade.

Além da doação de brinquedos a entidade está preparando diversas atrações para a garotada. Cama Elástica, piscina de bolinha, castelinho inflável, tobogã do Pica-pau, tobogã do jacaré, quadra poli esportiva, pintura no rosto, parede de escalada, sorvete, picolé, pipoca e algodão doce serão oferecidos gratuitamente para as crianças do bairro. Terão direito a participar destas atividades crianças de até 12 anos de idade.


Como doar?
Para ajudar nessa campanha é fácil, a Astran montou dois pontos de coleta de brinquedos. Um deles é na sede da Astran, localizada na SC 301, próximo ao trevo do Mato Preto, e o outro é o Shopping Ruckl, no centro. “Temos dois pontos de coletas para facilitar na doação, mas quem ainda assim não conseguir levar nesses pontos pode ligar no 3626-7193 que buscaremos o brinquedo onde estiver”, disse Boanerges Carneiro Júnior, responsável pelo projeto.


Programação
O evento acontece no dia 15 de dezembro, já a partir das 9h30 inicia o cadastramento dos participantes. Uma agenda especial com cursos e palestras está sendo preparada para levar informação e entretenimento. Já está confirmada a participação de uma culinarista, a “Dona Benta”, a qual a partir das 10h15 irá ministrar algumas técnicas de cozinha, como manusear alimentos, higiene na cozinha e principalmente, irá ensinar uma receita deliciosa.

A partir das 13h30 todos os brinquedos serão fechados e todos vão para frente do
palco e o “Dr. Luis Dentinho Branco” vai escovar o dente com todos os participantes,
ensinando a todos sobre as melhores formas para se ter uma boca saudável e dentes
brancos. Ainda comentará sobre a importância da higiene bucal e os males
que a má higiene pode trazer a saúde e a pessoa. A Astran ainda está buscando uma parceria para fazer a doação de uma escova de dente, e creme dental, para cada participante.

Proteção aos animais também será tema de palestra. A partir das 12h30 o veterinário Dr. Darlan, voluntário da APA, irá ministrar uma palestra repassando os problemas de saúde relacionados aos animais domésticos, e principalmente, a importância de manter a higiene desses animais.

No final das festividades, a partir das 16h30 todos os brinquedos serão fechados e todo o público presente será convidado para participar de uma peça de teatro “Destruidor de sonhos”. E logo após o teatro, o grande momento do dia, a chegada do Papai Noel, que chegará com seus assistentes fazendo a distribuição de brinquedos para as crianças.

    08/Agosto/2012

Palestra mostra o caminho para certificação

 

 

Na noite desta quarta-feira, representantes de entidades e empresas da cidade estiveram reunidos na sede da Acisbs para uma palestra oferecida pela Astran sobre Certificação de Responsabilidade Social e Troféu Responsabilidade Social. Para passar mais detalhes sobre esta certificação estiveram em São Bento do Sul o Comissão Mista de Certificação de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa Laércio Ventura e a fisioterapeuta e membro da comissão Elizangela Schappo.

Conforme Walcir Gravi Gonçalves, secretário executivo da Astran, a entidade tomou a iniciativa de trazer para São Bento do Sul esta palestra por entender da importância que esta certificação traz para quem a possui. “Aqui em São Bento somente a Astran possui esta certificação, e isso nos coloca em destaque, pois temos evidenciado nossa preocupação com a comunidade e com o meio ambiente”, disse Walcir.

Até agora já são aproximadamente cem processos de inscrição em andamento, mas ainda dá tempo de inscrever sua empresa ou entidade para concorrer a esta certificação. As inscrições podem ser feitas pelo site www.alesc.sc.gov.br até o dia 31 de agosto. Podem participar desta certificação empresas privadas, órgãos governamentais e entidades sem fins lucrativos, que tenham desenvolvido atividades sociais e ambientais durante o ano passado. “É imprescindível o balanço social da empresa/entidade para realizar a certificação”, disse Elizangela.

Conforme a palestrante os objetivos da Alesc em promover esta certificação são prestigiar empresas e entidades que tem a responsabilidade social na prática da gestão, estimular a elaboração e apresentação do balanço social, difundir a importância da responsabilidade social e incentivar a troca de ideia e aprendizado para dissimilar tecnologias sociais.

De acordo com Ventura, o importante é que as empresas valorizem este tipo de premiação e divulguem para que tenha um valor agregado de multiplicação. “É a ação do bem mostrando que realmente vale investir na Responsabilidade Social e não apenas no faturamento, no lucro. O lucro deve ser avaliado como um valor agregado de bem estar, de qualidade de vida do seu empregado, do seu colaborador, do contribuinte e, principalmente, da sociedade de uma forma geral”.

O certificado será atribuído a todos os inscritos que apresentarem o balanço social e atingirem a pontuação mínima. Já o troféu será concedido a seis empresas privadas (da indústria, comércio, serviços e turismo), divididas em três categorias (micros, médias e grandes empresas). Mais informações no site http://www.alesc.sc.gov.br/rsocial2012.

Como se inscrever?

Para realizar a inscrição basta entrar no site da Alesc e preencher o formulário até dia 31 de agosto. O preenchimento deste formulário pode ser gradativo, ou seja, não precisa ser preenchido por completo em uma só ocasião. Mas Elizangela lembra que o prazo limite é até 31 de agosto, não podendo passar disso.

Certificação

O Certificado de Responsabilidade Social de Santa Catarina será concedido às empresas privadas e entidades com fins não econômicos que apresentarem à Comissão Mista o Balanço Social que inclua perfil da organização com indicadores quantitativos e qualitativos do seu desempenho econômico, social e ambiental.

Troféu Destaque SC

O Troféu Responsabilidade Social - Destaque SC será concedido às empresas privadas certificadas, segundo o porte e segmento, que apresentarem o melhor nível de desempenho em termos de Responsabilidade Social, em avaliação procedida a partir dos critérios qualitativos presentes no Balanço Social.

Critério de avaliação

A comissão mista, que avalia todos os trabalhos inscritos, é formada por representantes de diversas entidades parceiras desta ideia. E, para assegurar a veracidade dos fatos tudo é analisado minuciosamente. A primeira avaliação é quanto ao preenchimento de todos os dados, depois todas as inscrições estão disponíveis no site, para que a comunidade possa visualizar, e em caso de irregularidades, questionar sobre tais fatos. “Começa pela avaliação pública, se alguém – com o devido embasamento – questionar a veracidade de algum fato apresentado pela empresa/instituição, comunicamos o inscrito para que este se pronuncie e prove que está tudo na regularidade, confirmado isso o processo dá sua sequencia”, disse Ventura. Logo após todos os trabalhos são discutidos e avaliados por todos os membros, saindo assim a pontuação.

Quantos trabalhos?

Cada interessado em participar pode inscrever até 4 trabalhos realizados pela área social e 4 trabalhos realizados em prol do meio ambiente. Vale lembrar que se por exemplo o inscrito cadastrar apenas os trabalhos referentes ao meio ambiente, e nenhum pelo lado social, pode até concorrer a certificação, mas automaticamente está fora da disputa pelo prêmio final.

Encerrando a palestra, Elizangela ressalta que essa certificação possui agrega valor a empresa ou entidade que a possui. “Esta certificação dá um respaldo maior na hora de vender um produto ou serviço, e como atualmente vem se comentado muito sobre sustentabilidade, essa ferramenta acaba sendo um diferencial para as empresas”, finalizou.

    02/Agosto/2012

Uma visita ao terceiro setor

 

 

Neste ano a Astran iniciou o projeto “Astran de Educação Complementar”. O Projeto prevê aulas de Empreendedorismo, Ética e Cidadania, Planejamento Financeiro e Meio Ambiente para alunos das sétimas e oitavas séries do Ensino Municipal. As aulas acontecem no contra turno dos alunos e são oferecidas gratuitamente pela entidade.

 

Como parte das aulas de empreendedorismo os alunos participantes do projeto estiveram visitando a Astran. Na chegada a Astran os estudantes puderam participar de uma palestra explicativa de como funciona o terceiro setor. “A Astran é um exemplo no tocante terceiro setor, e isso queremos passar para a comunidade”, disse Walcir Gravi Gonçalves, secretário executivo da entidade. Logo após os alunos conheceram o setor de logística, marcação de placas, faturamento, almoxarifado e a Apronorte.

 

Como todo o uniforme utilizado no projeto é produzido na Astran, através do curso de costura industrial que a entidade oferece gratuitamente para a comunidade, os alunos fizeram uma visita na sala onde são realizados estes cursos. “Daqui saem muitas pessoas capacitadas – e aptas – a atuarem no mercado de trabalho”, falou Walcir.

 

Ao todo aproximadamente 150 alunos participaram da visita e ficaram impressionados com o funcionamento da Astran e do terceiro setor como um todo. Logo após a visita alguns alunos enviaram e-mails para a Astran solicitando mais informações e parabenizando pelo trabalho que a entidade desenvolve na região. “O terceiro setor é uma ferramenta muito importante, pelo meu olhar. Associações assim não deveriam existir sé em alguns lugares, deveria ser um projeto de muitos”, dizia em um email.

    25/Julho/2012

Novas regras para transporte é tema de curso

 

 

Para esclarecer sobre a lei que regulamenta o transporte rodoviário de cargas e passageiros, a Astran - Associação de Transporte do Planalto Norte, realizou neste sábado nas dependências das ACISBS o curso sobre ao tema. O treinamento voltado para profissionais da área de transporte rodoviário de cargas (jurídico, Rh, contratação, operacional), lotou o auditório da ACISBS, com quase cem participantes.
 

O curso foi ministrado pela Dr. Gildete Gomes de Menezes, que possui uma vasta experiência no transporte rodoviário de cargas, e também, participou ativamente da criação da nova lei. Durante a manhã, Dr. Gildete tratou sobre a lei nº 11.442/07, resolução ANTT nº 3.056/09, Resolução ANTT nº 2.885/08 que trata sobre o vale pedágio obrigatório.

 

No período da tarde o curso iniciou com terceirização, subcontratação, aspectos trabalhistas e registro no RNTRC. Logo após a advogada falou sobre a Resolução ANTT nº 3.658/116 que dá fim a carta frete. Em pauta estavam as principais mudanças na forma de pagamento do frete ao Tac e as formas de pagamento de frete, com a extinção da carta.
 

Logo após um dos temas mais debatidos do curso, a lei nº 12.619/2012 que regulamenta a profissão do motorista. Conforme Dr. Gildete a elaboração desta lei já havia iniciado a alguns anos, e agora, após vários estudos e reuniões a lei foi colocada em prática. “as empresas e motoristas devem abrir os olhos para a nova lei, pois já está em vigor no país”, disse Dr. Gildete. Conforme explicou a lei já está em vigor, mas ainda existem alguns prazos para começar a autuação. Para fins de trânsito as notificações de irregularidades começam a ser emitidas a partir de 29 de julho, e para fins trabalhistas as penalidades serão impostas a partir de 15 de setembro. “Ainda existe um prazo para se regularizar”, disse.

 

A nova lei é focada nos direitos do trabalhador, e prevê que motoristas façam uma parada a cada 4 horas dirigindo, além de serem obrigados a parar por 11 horas para repouso. Outro ponto que causa bastante polêmica é quanto ao período dirigindo, motoristas podem passar apenas 10 horas por dia ao volante, sendo 8 horas normais e mais 2 horas extras. Algumas empresas já estão se adequando a nova lei, e a dica para isso é já fazer um diário de bordo com as horas trabalhadas de cada motorista para analisar o trabalho e assim remapear a operação.

 

Outro ponto que causa dúvidas aos envolvidos com o transporte é onde esses motoristas podem fazer as paradas. “A preocupação com essas paradas é quanto a segurança, pois em muitos locais os motoristas não podem simplesmente encostar o caminhão e descansar”, disse o coordenador de profissionais da Astran, Aurélio Cavalheiro. Conforme Gildete a lei já nasce com um problema de estrutura, pois uma vez que exige que o motorista pare o governo deve oferecer um local seguro e adequado para essas paradas. “Inicialmente foi cogitado que fosse feito um ponto de parada a cada 200km, mas nada ainda está certo”, disse ela.

Ao final do curso o secretário executivo da Astran, Walcir Gravi Gonçalves agradeceu a participação do público e ressaltou que esta ação da Astran é em prol do transporte da Região. “Oferecemos a vocês este treinamento para que os profissionais de transporte da região atuem conhecendo a lei, evitando assim, autuações”, disse Walcir. Logo após todos foram convidados para um café de encerramento, com entrega de certificados.

    17/Julho/2012

Informatização da saúde prevê maior

economia ao município

 

Em uma solenidade que aconteceu nas dependências da Unidade de Saúde Serra Alta (Caic), a Astran fez a entrega oficial ao município do sistema Data Health, um sistema de prontuário eletrônico e de gerenciamento de saúde. Participaram do ato o prefeito Magno Bollmann, secretário de saúde Marcus Maluff, gerente da empresa Global Data Maria José Galvão, secretário executivo da Astran Walcir Gravi Gonçalves, presidente da ADES Jonny Zulauf.

 

O sistema interliga todas as vinte unidades de saúde em São Bento do Sul, além da central de medicamentos, almoxarifado e secretaria municipal de saúde. O software permite ao médico durante a consulta ter as mãos um breve histórico do paciente, quando foi sua ultima consulta, exames solicitados, medicamentos prescritos, doenças cronicas e demais informações sobre o cidadão. “Desta forma evitamos desperdício de remédios, exames, pois quando o médico abrir o histórico do paciente irá ver os exames que já foram realizados”, disse Maria José Galvão, representante da Global Data.
 

Atualmente um dos maiores focos de desperdício na saúde pública é que muitas vezes os pacientes vão ao médico e fazem um exame, na próxima semana vão novamente a outro médico e novamente fazem o mesmo exame. “Com esse sistema o médico irá ver o relatório dos exames solicitados nos últimos 3 meses”, disse Marcus Maluf. Outro ponto importante é quanto ao fornecimento de medicamento, pois o médico terá como saber qual medicamento está disponível na farmácia, evitando que seja prescrito um medicamento que não seja fornecido pela municipalidade.
 

O Prefeito em seu pronunciamento enalteceu a importância da Astran no município. “Quando falamos em informatizar os postos de saúde recebemos duras críticas, muitos diziam que iriamos deixar a saúde da cidade nas mãos de uma Oscip, e com isso uma série de críticas veio a tona. E hoje mostramos que nada disso aconteceu. A Astran é uma entidade séria e comprometida com São Bento do Sul, e é com orgulho que contamos com essa parceria que beneficia diretamente nossa gente”, disse o prefeito.
 

Walcir Gravi Gonçalves, secretário executivo da Astran, falou do trabalho que a Astran tem feito em prol do município e também da preocupação que a entidade tem em beneficiar diretamente a população. “Realizamos projetos sempre pensando no bem estar da população, e somos sabedores que um dos caminhos é investir na saúde”, disse Walcir.

 

Instalação do projeto
 

Os trabalhos para a concretização deste projeto iniciaram em fevereiro de 2011 e de lá até aqui muitas reuniões para ouvir os médicos foram realizadas. “Iniciamos um projeto piloto no bairro Alpino, logo após expandimos para todas as unidades”, disse Maluf. Já no início deste ano o sistema foi instalado na Central de Medicamentos e farmácias de todas as unidades. Posteriormente, seguindo o programa de trabalho, a implantação seguiu para o almoxarifado de materiais e treinamentos dos funcionários da secretaria, sendo que, até o momento, foram treinados os recepcionistas, enfermeiros, auxiliares e técnicos em enfermagem, agentes comunitários de saúde, dentistas e a equipe gerencial.

Investimentos

 

Para o projeto tornar realidade a Astran já investiu mais de R$ 330 mil. Pela entidade foram adquiridos 128 computadores, 79 impressoras, 28 leitores biométricos, mesas, cadeiras e acessórios. Nesse montante ainda consta a instalação e mensalidade do sistema, bem como o treinamento dos usuários. E os investimentos não param por aí, a Astran ainda prevê em seu orçamento investir mais R$ 62 mil em mensalidades do sistema até 2013, e a instalação de torres de para internet de um valor de R$ 70 mil.

Sistema
 

O Sistema Data Health – Prontuário Eletrônico e Gerenciador de Saúde interliga unidades de saúde, almoxarifado, central de distribuição de medicamentos e a Secretaria Municipal de Saúde. Profissionais médicos poderão verificar de qualquer uma das 20 unidades de saúde do município o prontuário de um paciente, medicamentos já receitados, a quantidade de medicamentos entregues ao paciente, e os prazos para entrega de novos medicamentos. Exames solicitados e já realizados também estarão disponíveis na rede.
 

Este sistema segue rigorosamente os padrões de qualidade e confiabilidade exigidos pelo Ministério da Saúde, inclusive possuindo todos os certificados da Associação Brasileira de Informática e Saúde e regularizado no Conselho Federal de Medicina.

 

    01/Junho/2012

São Bento Desaquece: evento acontece neste sábado

 

 

A Astran, Associação de Transporte do Planalto Norte Catarinense, realiza neste sábado o projeto São Bento Desaquece. Uma das ações deste programa é a realização do passeio ciclístico em prol do meio ambiente. O evento tem saída as 9h na Praça Getúlio Vargas, mas os participantes devem chegar um pouco antes para preencher a ficha de inscrição.

O objetivo da Astran é realizar medidas para a despoluição do meio ambiente, dando referência a diminuição do aquecimento global. Com isso a associação realiza o projeto São Bento Desaquece que tem parceria do departamento de Meio Ambiente da Prefeitura de São Bento do Sul, Tuper, GP Combustíveis, 89FM, Jornal A Gazeta e Jornal Folha do Norte. O passeio ciclístico ainda marcará a abertura do roteiro do cicloturismo da cidade.

Conforme o Coordenador de Meio Ambiente e Qualidade da Astran, Boanerges Carneiro Junior, o objetivo do projeto é conscientizar a população são-bentense com relação às questões relacionadas ao aquecimento global que ocorre principalmente através das emissões de dióxido de carbono (CO2) à atmosfera terrestre. “Queremos conscientizar nossa gente à questões relacionadas ao aquecimento global, e como podemos minimizá-lo, diminuindo o despejo de CO2 no Meio Ambiente”, disse Boanerges.

Em 2011 o programa teve participação de mais de 250 pessoas da comunidade, e neste ano a meta é aumentar ainda mais. “Reforçamos o convite para as pessoas para que participem desta ação desenvolvida pela Astran em prol do Meio Ambiente”, disse o secretário executivo da entidade, Walcir Gravi Gonçalves.

As inscrições para o passeio são gratuitas e podem ser feitas na praça Getúlio Vargas a partir das 7h30. Os participantes ganharão uma camiseta exclusiva do evento e ainda irão concorrer a diversos brindes.

Campanha do Agasalho

A Astran ainda está apoiando a realização da Campanha do Agasalho no município. Para isso solicita a todas as pessoas que comparecerem no passeio ciclístico para levarem aquela peça de roupa que está em casa e não serve mais. “Queremos lutar contra o aquecimento global, e a favor do aquecimento das pessoas carentes”, disse Walcir.

 

    29/MAIO/2012

Astran: Empresários conhecem trabalhos da entidade

 

 

Na noite desta segunda-feira, 28, aconteceu a reunião mensal aberta aos associados da Acisbs. Durante a reunião, representantes da Astran apresentaram a entidade, seu modo de trabalho e os projetos que desenvolvem em prol do município.

O representante do Conselho Fiscal da entidade, Jonathan Roger Linzmeyer, abriu a apresentação falando um pouco sobre o funcionamento do terceiro setor, e como a Astran surgiu na cidade. "O terceiro setor desenvolve um importante papel, e neste sentido a Astran vem despontando como uma ferramenta de planejamento estratégico para a comunidade, através de programas e projetos que buscam melhorar a condição social da população", disse.

A Astran é uma entidade sem fins lucrativos, que através do transporte arrecada fundos para investir no aspecto social e ambiental da região. Hoje a entidade possui aproximadamente 890 associados, destes 350 participam ativamente da associação, ou seja, estão dia a dia transportando através da entidade.

Somente em 2011 a Astran repassou aos seus associados mais de R$ 16,5 milhões como forma de pagamento de frete. E o que é importante ressaltar é que todo esse dinheiro gira nos municípios de São Bento do Sul, Rio Negrinho e Campo Alegre, pois todos os motoristas associados são desta região.

Além de um frete com um valor de mercado competitivo a Astran ainda oferece para seus associados outros benefícios, como assistência médica, odontológica e psicológica, exames laboratoriais e diversos descontos nas compras associativistas, como combustíveis, pneus e peças para caminhões.

A Astran foi fundada em outubro de 2008, mas somente a partir de 2010 que a entidade encarou o desafio e abriu as portas para a sociedade. De lá até hoje já foram realizados mais de 1.300 consultas odontológicas, 487 consultas médicas, 134 consultas psicológicas e 614 exames laboratoriais.

Através desta apresentação os empresários puderam conhecer os trabalhos realizados pela Astran, e principalmente, que todo o dinheiro que a entidade arrecada fica para o município, seja através de seus associados ou mesmo com os projetos sociais que a entidade realiza. “Muitas pessoas ainda não conhecem a Astran, mas quando veem que o trabalho realizado é em prol do município ficam apaixonadas com a ideia. Por isso, faço o convite para os empresários buscarem saber mais sobre esta entidade e também trabalharem juntos com a Astran. O fortalecimento da entidade irá beneficiar diretamente o desenvolvimento do município”, disse Jonathan.

O presidente da Acisbs, Adelino Denk, elogiu o trabalho que a entidade faz para o município, e ressaltou a importância da entidade. “Com certeza a Astran é uma entidade que só vem a somar, pois colabora no fortalecimento da economia, sem esquecer o lado social e com uma visão no meio ambiente”, finalizou.

Ações sociais e ambientais

A Astran desenvolve diversas ações sociais e ambientais na região, como parceria no projeto Econsciência, Projeto Despoluir, Gestão Administrativa da Cooperativa de Catadores de Materiais Reciclados, Educação Complementar, Assistência a Saúde, parceria para instalação do Posto Avançado da Polícia Ambiental, Projeto de Costura Industrial. Mas o carro chefe da entidade, onde estão concentradas as maiores fatias do investimento, é a informatização da saúde.

Informatização da Saúde

A Astran já oferece diversos benefícios para saúde dos seus associados e familiares, mas a meta da entidade é ainda maior. Em 2011 a Astran inicou o trabalho para a interligar todo o sistema de saúde do município, naquele ano foram investidos aproximadamente R$ 50 mil no projeto. E os investimentos continuam acontecendo, em 2012 a entidade já investiu mais de R$ 200 mil entre equipamentos de informática, escritório, internet e treinamento para os funcionários da saúde. Este trabalho deve ser concluído em breve e busca dar mais agilidade e principalmente economia para o setor público de saúde.

São Bento Desaquece

Neste final de semana acontece a segunda edição do projeto São Bento Desaquece. O programa busca incentivar a comunidade para usar outros métodos de locomoção, evitando assim uma maior descarga de gases poluentes na atmosfera. Como forma de marcar o evento a Astran promove neste sábado um passeio ciclístico em prol do meio ambiente, onde cada participante irá ganhar uma muda de árvore para contribuir contra o aquecimento global.

 

 

 

 

 

 

 

    24/MAIO/2012

2º São Bento Desaquece

 

    14/MAIO/2012

Parceria Astran e Cooperativa rende bons resultados

 

 

A Associação de Transporte do Norte Catarinense – ASTRAN, realiza no último final de semana de novembro, de segunda (21) á sexta-feira (25), mais uma etapa do Programa Despoluir. Desde o início do ano a Astran realiza este trabalho com seus motoristas associados, e agora, também convida aos motoristas da Região para efetuarem o teste gratuitamente.

A Astran – Associação de Transportes do Planalto Norte atua fortemente na cidade desenvolvendo projetos sociais, que visam o bem estar da população. Entre estes projetos pode ser destacado o projeto Despoluir, Projeto Astran de Educação Complementar, São Bento Desaquece e o Projeto de Gestão Administrativa da Cooperativa de Catadores.

O trabalho junto a Cooperativa de Catadores de São Bento do Sul iniciou no ano passado, e já tem ajudado em muito no trabalho e na geração de renda dos cooperados. Naquela cooperativa a Astran atua na Assistência Administrativa, Desenvolvimento e Preservação Ambiental e Assistência Social.

Além de oferecer estes benefícios aos cooperados, a Astran ainda disponibiliza dentista e médico gratuitamente. Para os que precisam de exames laboratoriais, a Astran tem uma parceria com um laboratório onde conseguiu uma tabela com preços reduzidos, e ainda, a Astran paga a metade desse valor.

Esta parceria tem ajudado muito no dia a dia dos cooperados, como é o caso de Guimar Teixeira dos Santos, de 34 anos. Guiomar atua na cooperativa a 8 meses, e já tem notado a diferença após a chegada da Astran na entidade. Outro ponto que ela destaca é a utilização de dentistas. “Em toda minha vida fui poucas vezes ao dentista, e agora com essa parceria realizei um tratamento ortodôntico. Estou com o sorriso novo”, conta.

Com um sorriso no rosto, Ela Sabrina Braga da Silva Santos , 28, falou que este é o primeiro emprego que teve, e já está muito satisfeita. “Gosto muito de trabalhar aqui, é o meu primeiro emprego e pretendo continuar”, disse. Apesar de ter uma rotina bastante puxada, ela tem planos em voltar a estudar, para colaborar ainda mais na cooperativa. Elda tem utilizado os serviços da psicóloga da entidade, e garante que isso tem ajudado muito na sua vida. “Eu era uma pessoa muito fechada, era difícil fazer amizades, e agora estou fazendo esse tratamento e já estou muito melhor”, disse.

A Cooperativa de Catadores de São Bento do Sul possui 25 cooperados, e todos eles tem acesso aos serviços oferecidos pela Astran. E para melhorar a gestão da cooperativa a Astran está contratando um profissional que irá se dedicar exclusivamente na gestão da cooperativa.

Um apelo pela conscientização
 

A presidente da cooperativa, Sandra Alves de Lima Carvalho Machado, faz um apelo para que a população de São Bento do Sul se conscientize e separe os seus resíduos. Com essa simples ação garantimos a preservação do meio ambiente, e também, o sustento daquelas famílias. Para maiores informações de como ajudar, ou como destinar seus materiais para aquela cooperativa pode entrar em contato com a Astran, pelo 3626-7193.

 

    20/MAR/2012

Projeto Astran de Educação Complementar

inicia em São Bento do Sul

 

 

Nesta segunda-feira, 19, em um evento que reuniu pais, alunos e a comunidade em geral, a Astran, em parceria com a secretaria de Educação, deu início ao projeto Astran de Educação Complementar. O projeto é uma oportunidade para o estudante obter mais informações e transformá-las em conhecimentos que serão úteis à formação humana e cidadã.

Segundo a diretora de Programas e Projetos da secretaria de Educação, Adriana Piekarski, o programa surgiu de troca de ideias entre a secretaria e Astran, e abrange alunos do 7º ano das escolas municipais. “Em 2011 fomos procurados pela Astran para desenvolver o projeto, cujo trabalho foi minucioso, pensando, exclusivamente, nos 209 alunos que participarão das atividades”, explicou.

Presente ao evento, o prefeito Magno Bollmann destacou a parceria entre a administração municipal e entidades na busca por programas que visam o desenvolvimento da pessoa. “Tenho certeza que este projeto, que é inédito, vai resgatar muitos valores que atualmente estão perdidos, pois os temas escolhidos envolvem toda comunidade”, disse.

Para o coordenador de Responsabilidade Socioambiental da Astran, Boanerges Carneiro Júnior, a participação dos alunos durante as atividades é de suma importância. “Sei que terão dias de preguiça, mas vocês, alunos, precisam saber que todo o trabalho foi elaborado pensando em vocês. Aproveitem”, enalteceu.

Já o secretário executivo da Astran, Walcir Gravi Gonçalves, aproveitou a oportunidade para falar sobre os projetos trabalhados pela entidade em prol da comunidade e de seus associados. “A Astran traz inúmeros benefícios aos seus associados e principalmente para a comunidade, e este projeto com a educação vem a somar a favor da comunidade”, disse Gonçalves. O secretário enalteceu a importância que esse tipo de projeto tem para o conselho diretor da Astran. “O conselho aposta tanto no projeto que disponibilizou três netbooks para serem sorteados para os melhores alunos”, falou.

Aulas

As aulas serão ministradas por uma professora, com acompanhamento pedagógico da secretaria de Educação, a qual trabalhará os temas Empreendedorismo, Ética e Cidadania, Planejamento Financeiro e Meio Ambiente. Além de estudos em sala de aula, os alunos terão à disposição aulas na sala informatizada, auditório e estudos de campo.

Os encontros serão semanais nas EBMs Baselisse Virmond e Hercílio Malinowsky, e quinzenais nas EBMs Adélia Lutz, Rodolfo Berti, Maria Waltrudes, Denise Harms e Alexandre Pfeiffer. Na segunda-feira pela manhã, alunos da EBM Alexandre Pfeiffer foram os primeiros a trabalhar os temas do projeto.

Uniforme e materiais

A Astran disponibiliza ainda uniforme e mochila para os alunos participantes do projeto. O destaque está por conta da confecção desse material. Todas as camisetas e mochilas que os alunos irão utilizar durante as aulas foi confeccionada pela própria comunidade, durante as aulas de costura ministradas na associação. “Quero aqui dar um parabéns para as alunos do curso de costura da Astran, as quais, fizeram com muita qualidade o uniforme a ser utilizado pelos alunos. Esta é a parcela de contribuição delas para a comunidade de São Bento do Sul”, disse Boanerges. Além da mochila e do uniforme os alunos ainda recebem as 4 cartilhas do projeto, caderno, lápis e borracha, alimentação e transporte. Tudo isso custeado pela Astran.

* Com informações cedidas pela assessoria de imprensa da Prefeitura de São Bento do Sul

 

    15/MAR/2012

Astran investe mais de R$ 193 mil na saúde

 

 

Durante esta semana alguns servidores da secretaria de Saúde da Prefeitura de São Bento do Sul estiveram na Astran fazendo treinamento para aprender a utilizar o novo sistema, que irá interligar os postos de saúde do município.

O treinamento está sendo oferecido pela Astran, e ministrado por profissionais da Global Data, de São Paulo, que são os responsáveis pelo software de gerenciamento, que será instalado nas unidades de saúde. Nesta sexta-feira, o prefeito Magno Bollmann, acompanhado do assessor de governo Luiz Claudio Shuves estiveram na Astran conhecendo os trabalhos.

Para Magno Bollmann o município só tem a agradecer a Astran pelos projetos desenvolvidos no município. Bollmann falou sobre os projetos desenvolvidos em parceria com a entidade, e particularmente este, que irá beneficiar diretamente a área da saúde. “Com esse sistema implantado teremos uma economia de em média 30% na saúde, e isso é muito importante, pois como todos sabemos a saúde é uma das áreas que mais consome recursos do município”, disse o prefeito.

O secretário executivo da Astran, Walcir Gravi Gonçalves, explicou para os participantes do treinamento como a Astran funciona. Como a Astran é uma oscip que possui seu método próprio de angariar recursos, Gonçalves enalteceu a importância do trabalho realizado pelos motoristas associados. “É graças ao trabalho dos motoristas associados da entidade que podemos prestar esse serviço ao município”, falou.

Durante a visita o secretário ainda mostrou os equipamentos adquiridos para a realização de mais este projeto. São 128 computadores, 73 impressoras, 24 switch, 23 hacks e 122 estabilizadores. “Estamos entregando para o município em equipamento algo em torno de R$ 193 mil. Ressalto ainda que o município não gasta um só centavo com esse projeto, além de todos os equipamentos a Astran ainda está custeando o sistema a ser instalado nas unidades e também o treinamento para seus usuários”, disse Gonçalves.

O projeto de informatização está sendo feito em etapas. Neste primeiro passo será feito todo o cadastramento dos usuários das unidades de saúde, e também o agendamento de consultas. “Além de gerar economia aos cofres públicos, esse sistema também trará mais agilidade para os pacientes”, finalizou.

O coordenador de Responsabilidade Socioambiental da Astran, Boanerges Carneiro Júnior, levou o Major Adilson Schlickmann Sperfeld , o 1º Tenente Felipe Souza Dutra 2ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental de Joinville e o Diretor de Meio Ambiente Marcelo Hübel para conhecer as instações do Posto Avançado da Polícia Ambiental, que está sendo instalado no Rio Natal. Antes da visita naquela localidade, a equipe esteve no gabinete do Prefeito Magno Bollmann, o qual, através de fotos, pode observar o andamento das obras.

Na reunião também foram tratados de outros assuntos de interesse do município e do Consórcio Intermunicipal Quiriri, especialmente em relação a capacitação e fiscalização, considerando a etapa de regularização do Consórcio frente ao Conselho Municipal de Meio Ambiente - CONSEMA para poder atuar na elaboração de licenças ambientais. A ASTRAN apresentou em fotos as etapas de reforma da escola isolada em Rio Natal, que será o "Posto Avançado da Polícia Ambiental dentro da Unidade de Conservação, ação legitimada com a assinatura do Termo de Parceria que ocorreu no Inauguração do Museu natural Entomológico Ornith Bollmann em dezembro de 2011.

Após a visita no gabinete, foi proferida a visita no local em Rio Natal, com observação da adequação do escritório, banheiro, cozinha e demais dependências que servirão de apoio para uso da fiscalização bem como da oportunidade de gerar cursos e treinamentos locais com a comunidade. "O Posto Avançado foi um anseio da comunidade local, manifestado durante as oficinas participativas na elaboração do Plano de Manejo" relata Marcelo Hübel.

 

    06/Mar/2012

Oportunidade de aprender uma nova profissão

 

 

A Associação de Transporte do Norte Catarinense – ASTRAN, realiza no último final de semana de novembro, de segunda (21) á sexta-feira (25), mais uma etapa do Programa Despoluir. Desde o início do ano a Astran realiza este trabalho com seus motoristas associados, e agora, também convida aos motoristas da Região para efetuarem o teste gratuitamente.

Durante aproximadamente dois meses e meio, 19 mulheres frequentaram diariamente a Astran em busca de uma nova profissão. A entidade oferece durante todo o ano em parceria com a Ascor e a Ades, o curso profissionalizante de costura. O treinamento é oferecido gratuitamente para a comunidade.

Após todo esse tempo de curso, nesta quinta-feira (29), aconteceu o momento mais esperado pelas novas costureiras, a entrega dos certificados. São 19 novas profissionais que estão entrando no mercado de trabalho. “Nós da Astran desejamos muita sorte para vocês nessa nova fase da vida, agora, terão a possibilidade de buscar um novo emprego”, disse o secretário executivo da Astran Walcir Gravi Gonçalves.

Uma nova vida

 

Mas nem todas estão disponíveis ao mercado de trabalho. O exemplo é Solange Aparecida Liebl, que mesmo antes de receber o certificado conseguiu arrumar um novo emprego. Solange sempre trabalhou no ramo moveleiro, e com a oportunidade oferecida pela Astran ela conseguiu uma nova profissão e não esconde a felicidade. “Início do ano eu vi uma notinha no jornal e já liguei para a Astran para me inscrever no curso”, contou Solange. Mesmo sem concluir o curso ela já partiu em busca de emprego, e conseguiu. Hoje ela já atua na nova profissão e pretende indicar o curso para as amigas. “Eu não conhecia a Astran, mas agora sei da preocupação que a entidade tem com o lado social. Sou muito grata a eles, pois agora tenho uma nova profissão, um novo emprego e sou muito grata por isso”, finalizou.


Novas turmas

 

No dia 09 de abril inicia mais três turmas do curso de costura, mas as vagas já estão totalmente preenchidas. As pessoas que tiverem interesse em fazer o curso devem ligar para a Astran, no 3626-7193 para deixar seu nome na fila de espera, pois a entidade irá fazer os cursos durante todo o ano, e as pessoas que não conseguirem vaga nesta turma, ficarão na fila de espera para as turmas seguintes. “Tem também aquelas pessoas que em cima da hora desistem, então é sempre bom deixar o nome na fila de espera que surgindo uma vaga a gente vai atrás”, finalizou Walcir.

 

    28/Fev/2012

Astran inicia palestras do projeto Econsciência

 

 

A Astran, Associação de Transporte do Planalto Norte, deu início a participação no Projeto Econsciência, desenvolvido pela secretaria de Educação. A primeira palestra do ano aconteceu na Escola Básica Municipal Professor Newton Mendes, e contou com a participação de pais e alunos daquela comunidade.

No ano passado a Astran ministrou diversas palestras todas direcionadas aos pais dos estudantes. E neste ano a entidade apresenta uma novidade no projeto, que são palestras para crianças de até 10 anos, que estão estudando nas séries iniciais, e também para alunos mais velhos, que estão nas séries finais.

Como as crianças ainda não compreendem com facilidade os assuntos técnicos ligados ao Meio Ambiente, a equipe da Astran preparou uma palestra voltada aos baixinhos. O trabalho é feito como forma de uma história infantil, tratando sobre a conscientização das pessoas para a reciclagem. A criadora deste trabalho, Janaine A. Lenert, explica sobre o método utilizado para trabalhar com as crianças. “Através de dinâmicas e canto conseguimos interagir mais com as crianças, conseguindo desta forma, fixar o conteúdo na cabeça das crianças, tornando assim disseminadores desta prática dentro de suas próprias residências”, disse.

Com o projeto, os pequenos recebem responsabilidades como as dos heróis das histórias em quadrinhos, pedindo a ajuda das crianças para "salvar o planeta", sendo um bom cidadão na minha escola e na minha comunidade, baseado no conto infantil a "Menina que Desenhava" de Márcia Hanzin. “Queremos conscientizar as pessoas desde cedo sobre a importância da reciclagem”, finalizou.

Para os pais dos alunos e estudantes das séries finais as palestras foram divididas em dois temas, sendo Desenvolvimento Sustentável e Reciclagem como ferramenta de inclusão social. Durante as palestras o coordenador de responsabilidade sócio ambiental da Astran, Boanerges Carneiro Júnior, repassa a importância da sustentabilidade diretamente na comunidade. E também busca conscientizar as pessoas para promoverem em casa a separação dos resíduos, aumentando assim, a vida útil do aterro sanitário, e é claro, do Meio Ambiente.

 

    27/Fev/2012

Astran promove curso do Mopp

A Astran, Associação de Transporte do Planalto Norte, abriu inscrições para o curso de Mopp, destinado a motoristas de toda a comunidade. As aulas iniciam no dia 16 de março, e será ministrado em dois finais de semana. O curso é totalmente gratuito, e serão disponibilizadas apenas 25 vagas. Vale lembrar que não há como guardar vaga, serão inscritos apenas os motoristas que comparecerem na Astran com os seguintes documentos: - Cópia CNH, - Cópia Comprovante de Residência. Além disso o motorista não pode conter nenhuma pontuação grave na CNH.

O que é o curso do Mopp
O curso é uma exigência necessária para todo Condutor de veículo automotor que desejar transportar produtos perigosos ou para a renovação do seu certificado. Entre outros, são considerados produtos perigosos: explosivos, gases, líquidos inflamáveis, substâncias oxidantes, substâncias tóxicas, substâncias radioativas e substâncias corrosivas. É importante lembrar que para o transporte de defensivos agrícolas também se faz necessário o Condutor possuir o curso de MOPP.
Durante as 40 horas/aula de curso são ministradas as disciplinas de: - Direção Defensiva , - Prevenção de Incêndio, - Elementos Básicos de Legislação, - Movimentação de Produtos Perigos, - Meio Ambiente e Cidadania.

 

    23/Fev/2012

Major conhece obras do posto avançado

 

 

A Associação de Transporte do Norte Catarinense – ASTRAN, realiza no último final de semana de novembro, de segunda (21) á sexta-feira (25), mais uma etapa do Programa Despoluir. Desde o início do ano a Astran realiza este trabalho com seus motoristas associados, e agora, também convida aos motoristas da Região para efetuarem o teste gratuitamente.

O coordenador de Responsabilidade Socioambiental da Astran, Boanerges Carneiro Júnior, levou o Major Adilson Schlickmann Sperfeld , o 1º Tenente Felipe Souza Dutra 2ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental de Joinville e o Diretor de Meio Ambiente Marcelo Hübel para conhecer as instações do Posto Avançado da Polícia Ambiental, que está sendo instalado no Rio Natal. Antes da visita naquela localidade, a equipe esteve no gabinete do Prefeito Magno Bollmann, o qual, através de fotos, pode observar o andamento das obras.

Na reunião também foram tratados de outros assuntos de interesse do município e do Consórcio Intermunicipal Quiriri, especialmente em relação a capacitação e fiscalização, considerando a etapa de regularização do Consórcio frente ao Conselho Municipal de Meio Ambiente - CONSEMA para poder atuar na elaboração de licenças ambientais. A ASTRAN apresentou em fotos as etapas de reforma da escola isolada em Rio Natal, que será o "Posto Avançado da Polícia Ambiental dentro da Unidade de Conservação, ação legitimada com a assinatura do Termo de Parceria que ocorreu no Inauguração do Museu natural Entomológico Ornith Bollmann em dezembro de 2011.

Após a visita no gabinete, foi proferida a visita no local em Rio Natal, com observação da adequação do escritório, banheiro, cozinha e demais dependências que servirão de apoio para uso da fiscalização bem como da oportunidade de gerar cursos e treinamentos locais com a comunidade. "O Posto Avançado foi um anseio da comunidade local, manifestado durante as oficinas participativas na elaboração do Plano de Manejo" relata Marcelo Hübel.

 

    17/Fev/2012

Academia ao ar livre

Em breve São Bento do Sul contará com mais duas academias ao ar livre. A Astran já fechou a parceria com a FMD para a instalação dos equipamentos. Os bairros beneficiados serão Brasília e Serra Alta. A entidade ainda tem projeto para instalação de uma academia em Rio Negrinho.
 

    17/Fev/2012

Postos de saúde terão sistema interligado

Em até trinta dias, começam a ser instalados nos vinte postos de saúde da Prefeitura de São Bento do Sul computadores e um sistema que tem por objetivo criar um cadastro on line dos pacientes que usam o Sistema Único de Saúde. O termo de parceria que vai viabilizar a implantação do sistema foi assinado na tarde desta terça-feira, dia 7, entre o prefeito Magno Bollmann e o presidente da Astran Carlos Alberto Zulauf.

A Astran irá investir R$ 200 mil para a compra dos equipamentos de informática necessários, além do sistema a ser implantado. No valor, ainda está incluso toda a capacitação necessária aos servidores públicos que trabalham nos postos, já que a identificação dos pacientes passará a ser feita por biometria. A Prefeitura de São Bento do Sul não terá custo algum com o novo benefício. “Isso que é importante frisar. Para a Prefeitura, esse avanço não terá custos, e o maior beneficiado será a comunidade, que terá mais agilidade no atendimento na área de saúde”, destacou o prefeito Magno Bollmann.

Conforme o secretário de Saúde, assim que a implantação do sistema estiver concluída, estima-se uma redução de até 30% dos custos que a secretaria possuiu hoje. “Passaremos a ter controle total do sistema, evitando o desperdício”, resume Marcus Maluf. Ele explica que atualmente muitas pessoas fazem exames e não retiram. “Somente no laboratório municipal, em torno de 20% dos exames feitos não são retirados, sem contar os exames dos laboratórios credenciados. Há também casos como os exames de alto custo, como ressonâncias e tomografias, que frequentemente não são retirados pelos pacientes”.

Maluf conta que com o sistema, haverá também maior controle na medição entregue. “Tem paciente que aproveita, pega em vários postos, porque infelizmente não há um controle. Com isso, há também um gasto maior. O mesmo acontecerá com as consultas, que tem muita gente que fica pulando de posto em posto, e com isso tira a vez de outras pessoas que realmente precisam do atendimento médico”, informa o secretário de Saúde.
O termo de parceria entre Prefeitura de São Bento do Sul e a Astran foi antes apreciado pelo Conselho Municipal de Saúde, obtendo a aprovação para ser implantado no município. “Este é um sistema inédito na região e que só trará benefícios à comunidade”, observou o prefeito Magno Bollmann.

Conheça a Astran
A ASTRAN é uma OSCIP, ou seja uma instituição de fins não econômicos, que tem como finalidade desenvolver atividades que contribuam com o desenvolvimento sustentável da comunidade, que tem como atividade meio o transporte de cargas. Além desta parceria, a instituição desenvolve outros projetos sociais em São Bento do Sul.

 

 

    17/Fev/2012

Uma boa notícia

Nesta semana a diretoria da Astran esteve visitando a jovem Lucélia Aparecida Simões para dar a boa notícia de que a entidade irá custear as despesas de estadia e alimentação dela em Salvador. A jovem irá para aquela cidade em busca de tratamento, uma vez que exames evidenciam as grandes chances dela voltar a andar.

 

    17/Fev/2012

Prêmio MelhorAr

A Astran recebeu recentemente o prêmio MelhorAr, do Programa Despoluir. O prêmio é dividido entre as categorias ouro, prata e bronze de cada base. A Astran está lotada na base de Joinville e recebeu o troféu Ouro. “Este prêmio mostra que a Astran tem a responsabilidade do desenvolvimento sustentável baseado na economia, no ambiental e social”, disse o engenheiro Boanerges Carneiro Júnio, coordenador de Responsabilidade Sócioambiental da Astran.
 

 

 

 

.: ASTRAN :. Associação de Transporte do Norte Catarinense